Testemunho do Oriente Médio

O primeiro contato pessoal que tivemos com um convertido do islamismo aconteceu em 2009, quando tivemos a oportunidade de conhecer o irmão Abdul, na época recém convertido e ainda em processo de fuga de seu país. Assim como milhões ao redor do mundo, ele tinha tido um sonho muito real com um homem vestido de branco que mudou a sua vida.

Em seu sonho, Abdul estava se afogando em um rio quando de repente um homem vestido de branco apareceu em um cavalo branco, estendeu suas mãos e o salvou da morte certa. Em seguida, ele perguntou para o homem: "Qual é seu nome?". A resposta foi: "Meu nome é Issa, procura-me". Ao acordar, ele começou a pesquisar sobre aquele homem que o havia salvado da morte. Abdul descobriu que Issa era um profeta citado com muita frequência no Alcorão e que tinha curado pessoas, feito milagres e até ressuscitado os mortos. Por isso, decidiu conhecer mais sobre aquele homem misterioso. Em três meses, Abdul leu cerca de 300 livros sobre Issa e, após ler a Bíblia, entregou sozinho sua vida para Jesus, que é chamado de Issa pelos muçulmanos.

Com medo de que descobrissem sua conversão, Abdul passou a viver como um cristão secreto. Ele permaneceu assim por oito anos. Ia à mesquita, fazia as orações e o jejum do ramadã, mas na verdade seu coração era de Jesus. Depois de tantos anos levando seu compromisso assim, sua vida secreta com Cristo foi descoberta por sua esposa, que o denunciou para a polícia secreta. Ele foi preso e torturado por três meses. As torturas eram terríveis, com choques elétricos e agressões. Quando Abdul pensou que não daria mais para suportar, Jesus apareceu novamente, desta vez em uma visão. Ele recobrou as forças e aguentou um pouco mais.

Finalmente, seu cunhado, que era um de seus torturadores, decidiu abandona-lo à morte em um lugar afastado na grande cidade onde ele vivia. Abdul foi jogado em uma rua e ficou à beira da morte. Então, Deus deu um sonho para um padre, no qual via um endereço. Ele decidiu ir até o local impelido por Deus. Abdul estava lá e foi salvo pela graça do Senhor. Ele sobreviveu e estivemos com ele em um lugar seguro já distante de sua dura realidade. Vimos suas feridas e sentimos suas dores profundas no coração. Apesar de tudo, testemunhamos sua alegria por estar firme com o Senhor e sua esperança de um dia reencontrar sua família, mas agora convertida assim como ele. 

Você pode gastar um minuto agora e orar por ele e milhares de outros que ainda hoje vivem como cristãos secretos? Ore por milhões de conversões no mundo muçulmano! #OrePeloAbdul #OrePeloMundoMuçulmano #OrePelaIgrejaSofredora
 

Fotos